Campanha Selfie-Lixo

SELFIE-LIXO é uma campanha que visa denunciar o estado precário que nos encontramos em Angola em termos de saneamento básico.

Basta tirares uma foto junto a um local com lixo e já está… Para os que pretendem anonimato precisam apenas enviar a foto que o rosto e trabalharemos no rosto de formas a não estar visível.
ENVIEM PARA NÓS:
– O teu selfie-lixo, com a indicação do local (rua, bairro e província);
– O teu nome ou não (caso pretendas o anonimato).

UM DOS GRANDES MOTIVOS PARA ADESÃO À CAMPANHA:
Um dos problemas mais graves em Angola é justamente a falta do saneamento básico e é este um dos factores mais importantes da saúde porque de acordo com o meio onde vivem podem contrair e transmitir muitas doenças, inclusive por exemplo, doenças respiratórias, vermes e tantas outras. Portanto o acesso à água potável e algumas condições de higiene, muitas doenças podem ser evitadas diminuindo assim o custo com tratamentos.

No que consta, Saneamento básico é o conjunto de medidas adoptadas em uma região, em uma cidade, para melhorar a vida e a saúde dos habitantes impedindo que factores físicos de efeitos nocivos possam prejudicar as pessoas no seu bem-estar físico, mental e social.

O abastecimento de água potável, o esgoto sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos e drenagem das águas pluviais são o conjunto de serviços de infraestruturas e instalações operacionais que vão melhorar a vida da comunidade. É importante a preocupação dos governantes garantirem o bem estar e a saúde da população desde que também sejam tomadas medidas para educar a comunidade para a conservação ambiental.

DIFERENTE DO QUE SE TEM FEITO EM ANGOLA. CONTAMOS CONTIGO! Selfie-Lixo.

https://www.facebook.com/events/1604240176491047

back to top of blog

ANGOP

Reabilitação de vias secundárias do Cazenga incluída no projecto de 2015

Luanda – O administrador municipal do Cazenga, Victor Nataniel Narciso, disse que as vias secundárias e terciárias estão incluídas no projecto de reabilitação de estradas da municipalidade para 2015.

Em declarações à Angop, o responsável disse que estes projectos estão incluídos no plano orçamental local para melhorar a livre circulação de pessoas e bens, assim como acabar com as inundações na época chuvosa.

Disse que a administração teve grande problema com o realojamento das pessoas para poder melhorar algumas vias, por isso não foi possível o início de obras no ano prestes a findar.

Precisou que apesar destes constrangimentos existem muitas vias quase terminadas, daí que quando se fala de vias devem ser vistas todas no conjunto, não só a asfaltagem mas também o escoamento das águas residuais.

Apontou como exemplo de vias já tratadas a avenida dos Comandos, Ngola Kiluanje, Deolinda Rodrigues, rua da Fiaco e Hoji ya Henda.

Victor Nataniel Narciso adiantou que neste momento estão a ser recuperadas a Quinta, Sexta e Sétima avenidas, Rua do Comércio, Rei Pelé, Sete e Meio, Rua das Condutas, Pólvora, Grafanil e em fase de maior adiantamento do projecto de requalificação a rua do Gamek.

O administrador sublinhou que a iluminação pública está associada à componente do tratamento das estradas principais, secundárias e terciárias do município.

 

back to top of blog

ANGOP

Crianças internadas no hospital municipal do Cazenga beneficiaram de brinquedos.

Luanda – Crianças internadas na pediatria e no banco de urgências, do hospital municipal do Cazenga, província de Luanda, beneficiaram hoje de brinquedos distribuídos pela Vice -governadora para a esfera politica e social, Juvelina imperial.

A doação enquadra-se no âmbito do programa de solidariedade promovido pelo Governo da Província de Luanda (GPL).

Na ocasião, Juvelina Imperial disse que todos os anos o GPL cria um programa de comemorações do natal para crianças em algumas unidades sanitárias, e desta vez foram contemplados o Cazenga e Viana.

Neste hospital, disse, visitou as enfermarias e outros compartimentos para saber como as crianças estão a passar e a ser tratadas por estarem acamadas.Disse ter valido a pena realizar esta actividade, porque conseguiu-se interagir e tirar um sorriso as crianças, apesar de estarem com dores e acamada.

“Desta forma contribuímos para que as crianças se sintam bem, tenham um aconchego e sejam acarinhadas”, disse.

O Hospital Municipal do Cazenga ocupa uma superfície 3.900 metros quadrados e com capacidade para 75 camas. Possui banco de urgência, área para consultas externas, pediatria, com capacidade para 20 camas, dois blocos operatórios, maternidade, morgue, sector administrativo, parque de estacionamento, entre outras infra-estruturas.

back to top of blog

ANGOP

Administração do Cazenga pretende criar centros de acolhimento em 2015

Luanda – O administrador municipal do Cazenga, província de Luanda, Victor Nataniel Narciso, adiantou que a meta da administração para 2015 é a criação de mais creches comunitárias e centros de acolhimento para crianças desprotegidas.

Em declarações à Angop, numa mensagem dirigida as crianças, disse que esta iniciativa está definida como prioridades sociais para beneficiar as crianças na municipalidade.

O responsável disse que o objectivo é trabalhar na resolução dos problemas que afligem a população, principalmente às crianças nos variados domínios.

Victor Nataniel Narciso adiantou que em 2014, a grande aposta foi no sector da educação e saúde, porque foram construídas varias escolas, reparadas, ampliadas e apetrechas outras para dar melhores condições e dignidade as crianças.No domínio da saúde, segundo o administrador, foram criadas condições nas maternidades e salas de parto para melhor acomodar as parturientes e vacinar as crianças.

Disse terem conseguido ultrapassar determinadas situações de epidemias, por isso, não foram registados casos de pólio,  cólera e houve redução da malária e mortes em mulheres gravidas e crianças.

O gestor adiantou que o executivo trabalha para cada vez mais melhorar as condições do saneamento básico, energia eléctrica, água potável, livre circulação de pessoas e bens, saúde, educação e habitabilidade condigna para todos.

back to top of blog

ANGOP

Unidades hospitalares do Cazenga preparadas para quadra festiva

Luanda – O chefe da repartição da saúde do município do Cazenga, província de Luanda, Zola Messo, garantiu que as unidades hospitalares estão preparadas para atender eventuais situações que se registarem durante a quadra festiva.

O responsável realçou que neste período será reforçada o número do pessoal técnico nas equipas de piquete para fazerem fase ao volume de trabalho e melhor atender as pessoas que procurarem pelos serviços médicos.

Adiantou que para além do reforço do pessoal médico, será também feito o aumento do material gastável, que neste período se utiliza bastante.Para Zola Messo, a maior atenção estará virada para o hospital municipal,

Cajueiros e unidades de referência na circunscrição.

Apelou a população a redobrar esforços na contenção de bebidas alcoólicas e dos alimentos para evitar confusão, ferimentos, acidentes e a intoxicação alimentar.

Cazenga é um dos sete municípios da província de Luanda e é composta pelas comunas do Tala-Hadi, Cazenga e Hoji ya Henda.

back to top of blog

ANGOP

Município do Cazenga conta com parque de diversão

Luanda – Um parque de diversão foi aberto hoje, segunda-feira, no Marco Histórico ” 4 de Fevereiro” no município do Cazenga, província de Luanda, no âmbito do programa da administração local de ocupação do tempo livre dos jovens.

O administrador municipal adjunto para a área política e social, José de Oliveira Bastos, considerou o parque como um importante espaço de lazer para os munícipes.

O responsável apelou aos pais e encarregados de educação no sentido de visitarem o espaço com as crianças de forma que possam interagir.

O representante da empresa Atrasul, responsável da infraestrutura, Marcos Marques, esclareceu que o parque vai oferecer atractivos para crianças preferencialmente a partir dos oito anos de idade e para os adultos.

Segundo Marcos Marques, a ideia foi criar uma zona que permita aos moradores do Cazenga divertirem-se, por isso, foram instalados 26 carros de choque, cada viagem de três minutos o equivalente a 150 Kuanzas, entre outros atractivos.

 De acordo com empresário foi acautelada a situação da segurança para o local, assim como as condições para as situações de emergências.

O Cazenga, um dos sete municípios da província de Luanda, conta com as comunas do  Tala-Hadi, Cazenga e Hoji ya Henda.

back to top of blog

ANGOP

Repartição da saúde no Cazenga prevê vacinar 280 mil crianças

Luanda – Duzentas e oitenta mil crianças, dos zero aos cinco anos de idade, é a cifra que a repartição municipal da saúde, no município do Cazenga, província de Luanda, prevê vacinar na presente campanha contra a poliomielite, que decorre nos dias 12, 13 e 14 do mês em curso.

Falando quinta-feira à Angop, o chefe de repartição local, Zola Messo, disse que a aposta é imunizar este número, mas será possível ultrapassar a cifra, porque existem muitos parceiros sociais empenhados nesta campanha.

Sublinhou que as equipas vão se desdobrar por todo município com o propósito de ultrapassar o número de crianças da campanha anterior, porque apesar dos esforços muitas crianças ficaram sem a vacina.

Afirmou que nesta campanha foram recrutados os moradores para vacinadores, 50 mulheres da organização Feminina do MPLA, OMA, responsáveis pela vacinação das crianças dos quarteirões, rua e bairro onde moram, porque conhecem as residências onde existem crianças com idade para serem vacinadas.

De acordo com Zola Messo, a maior atenção estará virada para sábado e domingo, onde parte das pessoas ficam em casa e dirigem-se para as igrejas.

Cazenga, um dos sete municípios da província de Luanda tem três comunas, o Tala-hadi, Cazenga e Hoji ya Henda.

back to top of blog

ANGOP

Município do Cazenga vai contar com centro de nutrição

Luanda – O município do Cazenga, na província de Luanda, vai contar nos próximos dias com um centro de nutrição, a funcionar no hospital geral dos Cajueiros, para atender crianças com dificuldades de alimentação.

De acordo com o administrador municipal, Victor Nataniel Narciso, para o sucesso dos serviços que serão prestados às crianças desnutridas, ao centro vai contar com o apoio da Igreja Católica.

Victor Nataniel Narciso disse que o centro não entrou ainda em funcionamento até o momento, porque se aguarda pela retirada dos meios que o hospital existentes no espaço.

Referiu que a área será especificamente ligado ao centro nacional nutricional e dirigido pelo administrador adjunto para a área político e social.

Precisou que existe já um grupo a funcionar na paróquia da igreja católica Santa- Madalena, com quem pretendem estabelecer parcerias e troca de experiências para dinamizar o trabalho no Cazenga.

back to top of blog

ANGOP

Formados 60 activistas contra violência doméstica no Cazenga

Luanda – O conselho municipal da juventude no município do Cazenga formou, em Novembro, 60 activistas juvenis para trabalhar na sensibilização contra a violência doméstica nas comunidades.

Falando hoje, quarta-feira, à Angop, o presidente do conselho municipal da juventude, Jones Catarino, disse que o objectivo é reforçar o movimento das campanhas de sensibilização e educação para evitar a violência doméstica na municipalidade.

Disse estarem a trabalhar em parceria com a repartição da família e promoção da mulher do Cazenga, porque, os dados apresentados nos relatórios são assustadores, por isso existe a necessidade de se consciencializar os casais.

Precisou que a acção do Conselho Municipal da Juventude esta virada na sensibilização da juventude, porque todos os dias formam-se casais, e muitos deles não estão preparados para viver em comunhão.

Jones Catarino disse ser necessário o reforço do diálogo nos lares, assim como passar a informação que a violência doméstica é crime que destabiliza famílias.

Adiantou que com palestras e informações se pode atingir a consciência dos casais sobre este mal que afecta as famílias.

O Cazenga,  um dos sete municípios da província de Luanda conta com as  comunas do Tala-Hadi, Cazeng e Hoji ya Henda.

back to top of blog

ANGOP

Administrações comunais do Cazenga removem obstáculos na via pública

Luanda- As administrações comunais do município do Cazenga, em Luanda, realizam desde o princípio do mês de Novembro a remoção de obstáculos, nas ruas e passeios, que dificultam a circulação de pessoas e dão má imagem as comunidades.

De acordo com o administrador comunal do Cazenga popular, Franklin de Carvalho, constam dos obstáculos, sucatas, roulottes, alpendres, cantinas (janela-aberta), recauchutagens, bate-chapa, quintais e farmácias que alcançaram os passeios.

Adiantou que foram feitos avisos para que os  proprietários  pudessem retira-los voluntariamente, mas como não o fizeram, as administrações, fiscalização e Polícia Nacional estão a efectuar a remoção destes meios.

Sublinhou que a acção visa acabar com a venda e todos serviços que são realizados em locais impróprios nas comunas.

Já a administradora comunal do Hoji ya Henda, Branca Nunes, disse que as zonas com maior obstáculos são as ruas  Ngola Quiluanje,  sétima avenida e no interior de alguns bairros  onde existem muitas sucatas, devido a inúmera quantidade de oficinas em ruas e becos.

Precisou que a prática de comercializar produtos e prestar  serviços na via pública contribui para a degradação da imagem da comuna, dificulta o acesso de pessoas e viaturas, bem como regista uma alta produção de resíduos sólidos.

back to top of blog